PaPos Nascentes - poéticos, psicoterapia, mentoria

Powered By Blogger

6/30/18

GARGALHADAS CÚMPLICES. / KUNKULPAJ RIDEGOJ

Resultado de imagem para gargalhadas

Sabrina prometeu não mais chupar. O irmão também. Aviso repentino. Namorado surpreso. Amigas não chupavam mais. "NÃO ao canudinho plástico!". Gargalhadas cúmplices. Bela campanha!

Sabrina promesis ne plu suĉi. La frato ankaŭ. Subita avizo. Koramiko surpriza. Amikinoj ne plu suĉis. "NE al la plasta tubeto!". Kunkulpaj ridegoj. Bela kampanjo!

6/25/18

MAMATA/ FIPOLITIKO

Resultado de imagem para senado federal

meu consolo o político preso
na suprema corte um juiz prende
outro, solta, em compadrio,
outro político confessa na bravata:
“escolho um que a gente mata”
(telefonemas repetidos ao juiz que solta):
na sociedade dou uma volta:
    volta ao mandato no senado frio.

só que o senado é quente

o que a câmara decide ― ratifica
muita negociata tudo boa gente
a imprensa que não imprensa
canta a pedra:
    ― o presidente fica!

****


mia konsolo la politikisto mallibera
el tribunal' la plej supera juĝisto arestas
alia, fuŝamike, lin liberas
alia politikisto konfesas fikuraĝa:
iun murdota mi elektas.”
(ripetaj telefonalvokoj al la liberiganta juĝisto)
la socion mi trompas:
revenu li al la posteno en la senato frida.

sed la senato varma

kion la câmbro decidas ― konfirmas
tro da negociaĉoj ho! ĉiuj bonkoruloj
la gazetaro aro de misfaro
divenas tuj:
― la prezidento daŭros!

6/19/18

AUTOPUNIÇÃO/ MEMPUNO


Resultado de imagem para tiro









Fama de insensível. Amigos insistiam. Ouvisse o coração. Estetoscópio no pescoço. No coração, o tiro de misericórdia. Viúva e três órfãos.

Konata nesentemo. Amikoj insistis. Aŭdu la koron. Koraŭdigilo surkole. Kontraŭkore, kompata kuglo. Vidvino kun tri orfoj.

6/16/18

ABERTURA DA COPA/ MONDPOKALA MALFERMO



















Resultado de imagem para abertura da copa 2018











Manhã fria. Nós ali, no rala e rola. Preliminares. Beliscos. Petiscos. Odores. Sabores. Festa rolando. Corpos ardentes. Línguas e dentes. Festa. Delírio. No céu aguçada percepção, arte, queima de fogos. Delírio total. Só o primeiro jogo. Manhã-fornalha. Domingo tem mais. Ou antes disso em edição extraordinária!

 ********

Maten’ malvarma. Ni tie, kokskokse. Antaŭludo. Manĝetaĵo. Pinĉmanĝeto. Gustaro. Bonodoro. Festeno. Deliro. Ĉiele percepto akra, arto, art-fajraĵo. Bela, arta, golo! Plena deliro. Nur la unua matĉo. Maten' varmega.  Dimanĉe, plie. Antaŭ ol tio, eksterordinar-eldone!

6/10/18

AVISO


Notificação de cookies nos países da União Europeia

As leis da União Europeia (UE) exigem que você forneça aos visitantes da UE informações sobre os cookies utilizados no seu blog. Em muitos casos, essas leis também exigem o consentimento desses visitantes.
Como cortesia, adicionamos um aviso no seu blog para ajudar no cumprimento dessas regulamentações. O aviso informa os visitantes sobre o uso pelo Google de determinados cookies do Blogger e do Google no seu blog, incluindo os do Google Analytics e do Google AdSense. Saiba mais sobre as práticas de privacidade do Google e como o Google usa os dados em sites parceiros.

Alterar o aviso

Se você tiver editado seu blog de forma a ocultar esse aviso, será sua responsabilidade notificar os visitantes sobre os cookies usados no blog e, se necessário, obter o consentimento deles. Além disso, se você tiver adicionado outros recursos no blog que definam cookies, incluindo análises de terceiros ou serviços de publicidade, será necessário exibir um aviso adicional ou diferente.
É sua responsabilidade determinar, com base no seu uso de cookies, quais outras ações seriam apropriadas. Se você decidir usar um aviso diferente, ele ainda deverá cumprir a política de consentimento do usuário da UE do GoogleSaiba mais sobre a geração de avisos de cookie.

Ver o aviso

Para ver o aviso se você estiver fora da UE, abra o blog e altere o código do país; por exemplo, blogspot.fr ou blogspot.co.uk. Se você usar um domínio personalizado, não verá o aviso fora da UE.

PÃO E POESIA/ PANO KAJ POEZIO

Resultado de imagem para literatura pão e poesia








pão assando em fogo lento
lento assimilar nutriente
afeto – mais que fogo de momento –
poesia no humano seiva em nossa gente
brilho vigor encantamento


do plástico do isolamento
ao sagrado oculto no Si Mesmo
honra e serviço à alteridade
o pão da vida assa em fogo lento
dá sentido à existência não viver a esmo
        poesia: pólen prazer prosperidade!


**********************


pano bakiĝas sur ĉi lanta fajro
lanta asimilado de l’ nutrigo
korinklino – pli ol la momenta fajro –
poezio en homeco sevo en homaro
brilo, vigleco, raviteco


de l’ plasto, de l’ izoliteco
al sakralo kaŝita en Si Mem
honor’ kaj servo al la alieco
la pan’ de l’ viv’ bakiĝas sur lanta fajro
sencodonas al l’ ekzisto ne vivi en hazard’
        poezio: polen’, plezur’, prosper’!